domingo, 27 de setembro de 2015

MÚSICA : Joelma cria nome artístico para carreira solo

A cantora segue sozinha no ano que vem sob o nome Joelma Calypso
Joelma cria nome artístico para carreira solo (Calypso/Divulgação)
A partir de janeiro, Joelma Calypso entra em cena. Foto: Fábio Nunes/Divulgação

Após separação turbulenta entre Joelma e Chimbinha, a cantora deixa a Calypso para seguir carreira solo a partir de janeiro do ano que vem. O nome artístico adotado, no entanto, ainda mantém relação com a banda: Joelma Calypso. 

A cantora se desliga em dezembro, mas o último show está programado para o Réveillon - o local ainda não foi definido. Em 2016, o corpo de baile da Calypso segue com a cantora, mas novos músicos devem ser contratados. Também é provável que Joelma não continue com o empresário Cláudio Mello.

A separação

Desde que Joelma e Chimbinha anunciaram a separação, acusações da cantora a ameaças e maus tratos do ex-marido surgiram no noticiário. Durante um show, ela fez indiretas a uma suposta traição do guitarrista e chorou no Programa da Sabrina, da Rede Record, ao comentar o fim da banda.

O caso ganhou ainda mais atenção quando Chimbinha foi enquadrado na lei Maria da Penha. Após denúncia feita por Joelma, que alegou temer sua integridade física, o ex-marido teve de manter-se, ao menos, a 100 metros de distância dela. Recentemente, o desembargador responsável pelo caso revogou a medida após aprovar uma liminar entregue pelos advogados do guitarrista.

FONTE : DIÁRIO DE PERNAMBUCO

ECONOMIA : Conta de luz continuará com bandeira vermelha

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) manterá na cor vermelha a bandeira tarifária referente ao mês de outubro. Com isso, as contas de luz virão com acréscimo de R$ 4,50 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.

O sistema de bandeiras tarifárias permite a cobrança de um valor extra na conta de luz, que varia de acordo com o custo de geração de energia. Esse valor adicional é indicado pelas bandeiras verde, amarela e vermelha, de forma a informar ao consumidor se ele está pagando mais caro pela energia.

A bandeira verde indica condições favoráveis de geração de energia, situação que não resulta em acréscimos na tarifa. A bandeira amarela indica condições de geração menos favoráveis. Nesse caso, a tarifa sofreria acréscimo de R$ 2,50 para cada 100 kWh consumidos.

FONTE : AGÊNCIA BRASIL

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

MURAL DE RECADOS