domingo, 22 de fevereiro de 2015

IGARASSU : Compesa poderá usar volume morto em barragem do Grande Recife

Reservatório de Botafogo, em Igarassu, tem apenas 16% da capacidade.
Medida será tomada se não chover dentro dos próximos 30 dias.



Por causa da falta de chuva, a barragem de Botafogo, que fica em Igarassu e abastece quatro cidades da Região Metropolitana do Recife, está com apenas 16% da capacidade de armazenamento de água. O quadro é preocupante e, caso não chova nos próximos 30 dias, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) vai precisar usar o chamado volume morto do reservatório.

O volume morto é a parte da água que fica abaixo do nível de captação e que não seria usada em condições normais. Se o nível da barragem continuar baixando e chegar a 14%, não será mais possível usar os pontos de captação da água, e a Compesa terá que partir para essa solução extrema.

Os equipamentos para usar a água do volume morto já estão prontos e a previsão é de a operação comece entre 30 e 40 dias. “A qualidade [da água] é inferior, porém, com o tratamento mais adequado e eficiente, a gente consegue deixar no padrão de potabilidade normal, que nosso usuário pode usar normalmente”, informou o diretor regional da Compesa, Fernando Lobo.
Segundo Lobo, com o início do período chuvoso, previsto para abril, a situação da barragem deve ser regularizada. Mesmo assim, ele pede a ajuda dos moradores da Região Metropolitana. "A gente está numa época muito difícil, no terceiro ano consecutivo de seca. Se a população nos ajudar, evitando o desperdício e controlando a água de sua casa, com certeza ela estará colaborando conosco", comenta.
A barragem de Botafogo abastece Olinda, Paulista, Igarassu e Abreu e Lima e, desde 1999, não atingia níveis tão baixos. O racionamento nesses municípios começou em dezembro do ano passado e varia de três a quatro dias sem água e apenas um de abastecimento.
Fonte :  Portal G1

Ganhadores dos sorteios da parceria do Supermercado Geraldão e da Rede Smart de Supermercados.

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Economia : Paulo Câmara prevê queda de R$ 1 bilhão nos investimentos: “estamos apertadíssimos”

Paulo Câmara em entrevista após diplomação. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem.
Paulo Câmara em entrevista após diplomação. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem.

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), revela uma preocupação com o valor dos investimentos públicos do Estado em 2015 e admite que a expectativa é que eles caiam em entrevista ao jornal Valor Econômico publicada nesta sexta-feira (13). “Estamos apertadíssimos. Na LRF estamos enquadrados em todos os indicadores. Não temos atraso de folha, fizemos o dever de casa. Cortamos, tiramos os excessos”, afirma, sobre a situação das finanças do Estado.
O governador trata a dificuldade de garantir os investimentos como “a grande prioridade e a preocupação” da gestão. “Tínhamos uma média de investimento de R$ 600 milhões por ano, em 2007, elevamos esse patamar para R$ 3 bilhões em 2014, multiplicamos por cinco. O desafio é evitar que o valor desse investimento caia”, diz.
Ao ser questionado sobre a queda, Paulo diz que o Governo do Estado trabalhou esses R$ 3 bilhões com recursos próprios, convênios com a União e operações de crédito. Ele lembra, então, que a sinalização do governo federal é de que vai segurar as operações de crédito e preservar o superávit primário.
Perguntado sobre qual seria o impacto do arrocho federal nos investimentos do Estado, o governador responde: “Um bilhão por ano. Em média.”
“Temos as parcerias em andamento, de convênios com a União, não temos ainda a dimensão de quanto serão os cortes, mas deve ser algo muito forte”, explica em seguida.
Para Paulo Câmara, o desafio de governar Pernambuco se tornou muito maior após a morte do padrinho político Eduardo Campos. “Ficamos um pouco órfãos”, diz.
NÃO SE IDENTIFICA COM O PSDB – O governador pernambucano também garante que o PSB vai continuar independente no plano nacional. “Nós tínhamos uma maneira de pensar, ideais que não se acabam do dia para a noite”, explica.
Paulo Câmara reconhece que o partido teve um viés de oposição nas últimas eleições, mas rejeita a aliança automática com o PSDB e elogia os petistas. “Nossa identificação com o PSDB foi uma coisa pontual, ali no segundo turno da eleição. Não é uma coisa com que nós nos identificamos”, garante.
“Com o PT nós estivemos juntos muito tempo, essa é a verdade. Se fomos fazer o balanço, vamos ver que tivemos mais convergências do que divergências”, diz ainda. Ele nega, porém, que uma reaproximação política com os petistas esteja na pauta do PSB.
FONTE : Blog Do Jamildo

HINO DO ELEFANTE DE OLINDA


domingo, 15 de fevereiro de 2015

DIVULGAÇÃO : T.C.M. EU FUI À PRAIA DO JANGA


Está tudo pronto para o Bloco Eu Fui à Praia do Janga, amanhã, 16/02 à partir das 9h. Concentração na FISK JANGA, com muita animação para os adultos! E a diversão da criançada está garantida graças a BRINKEDO'S PÁ, que irá montar Cama Elástica, Piscina de Bolinhas, Algodão Doce, Personagens Infantis, como a Galinha Pintadinha e muito mais... Venha frevar e fazer parte desta grande festa... O Bloco tem a iniciativa dos Parceiros PaulistaPlusFisk JangaBAR DO BETÃO, BRINKEDO'S PÁ e J.E. CONFEC e Blog Litoral Norte.
Quer adquirir a camisa como lembrança do ANO I do bloco? Encomende logo a sua por aqui ou Whatsapp: 8111-1967 - custa apenas R$ 15,00. Corra, pois temos poucas unidades.
Vamos esquentar até a saída, com a letra do Hino do Bloco, feita pelo Rui Cabral.
Hino do Bloco Eu Fui à Praia do Janga
Eu fui à praia do Janga
Dançar coco e ciranda, frevo e maracatu.
Com os pés na areia
O povo louco incendeia
Depois a lua prateia
O nosso mar azul. (2x)
Eu vi um peixe amarelo
Dançando coco de roda
Cantando em verso e prosa
As belezas desse lugar.

Janga do meu coração
És musa do meu carnaval
Aqui na praia meu bloco agiganta
E o teu povo canta
Tu és imortal! Imortal!

sábado, 14 de fevereiro de 2015

CARNAVAL : Nonô Germano se casa em trio elétrico no desfile do Galo da Madrugada

A cerimônia, celebrada por um juiz, ocorreu no fim na Praça Sérgio Loreto, no Bairro de São José, Centro do Recife

 / Foto: Diego Nigro/JC Imagem

O cantor de frevo Nonô Germano, filho do consagrado intérprete do ritmo pernambucano Claudionor Germano, protagonizou um fato curioso durante o desfile do Galo da Madrugada deste sábado (14). No início da tarde, Nonô se casou com a sua companheira, a auxiliar administrativa Daniela Freire, em cima do trio elétrico em que cantava. A cerimônia, celebrada por um juiz, ocorreu na Praça Sérgio Loreto, no Bairro de São José, Centro do Recife.
Os noivos se casaram vestidos de branco, com uma roupa confeccionada pela estilista Eliane Melo, da Anunciada. A noiva Daniela Freire, em vez de um buquê tradicional, levava nas mãos um arranjo formado por minissombrinhas de frevo, que foram jogadas para a multidão, como lembrancinha do casamento.
Em cima do trio, Claudionor Germano assistiu à cerimônia de casamento, que durou cerca de um minuto e foi realizada pelo juiz Abner Apolinário. Antes, ele passou ao filho o bastão e a coroa de Rei do Frevo.

O desfile do Galo já dura mais de cinco horas, segundo a organização do bloco. Mais de 2,5 milhões de pessoas devem passar pelos seis quilômetros do circuito. Desde o início da manhã, a multidão aguardava a saída do Galo da Madrugada, que promete tocar durante nove horas seguidas ritmos da música brasileira como o frevo, afoxés e marchinhas de carnaval.

Este ano, o tema do desfile do bloco é Asas da América, Asas para o Frevo. O homenageado é Carlos Fernando, compositor caruaruense responsável por uma coletânea de discos long play (LP) com diversos frevos que contribuíram para popularizar o ritmo.

O escritor e dramaturgo Ariano Suassuna, o cantor Luiz Gonzaga e o ex-governador do estado Eduardo Campos também são homenageados pelo bloco.

FONTE : NE10

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

MURAL DE RECADOS