sábado, 20 de agosto de 2016

TRÂNSITO : Início das multas pelo não uso do farol baixo é adiado no Grande Recife

Fiscalização em caráter educativo foi prorrogada por prazo indefinido.
Multa de R$ 85,13 começaria a ser aplicada pelo DER-PE na segunda (22).

Fiscalização do farol baixo no Recife (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)
Fiscalização do farol baixo no Grande Recife continuará sendo realizada em caráter educativo (Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press)


Os motoristas que trafegarem com o farol baixo desligado durante o dia pelas rodovias estaduais que cortam a Região Metropolitana do Recife não voltarão a ser multados a partir de segunda-feira (22). O Departamento Estadual de Estradas de Rodagem (DER-PE) resolveu prorrogar o período de fiscalização de caráter educativo sobre o cumprimento da Lei Federal 13.290/2016, que torna obrigatório o uso do farol aceso nas rodovias durante o dia.

O órgão, vinculado à Secretaria Estadual de Transportes, ainda não definiu um prazo para iniciar a aplicação da multa no valor de R$ 85,13 e a retirada de quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) dos condutores infratores. No dia 13 de julho, cinco dias após a lei entrar em vigor, houve a suspensão da exigência no Grande Recife, a anulação de infrações e a garantia de reforço na sinalização nas estradas sob jurisdição estadual, porém os alertas prometidos não saíram do papel.

Por meio de nota, o DER-PE informou que "está em andamento o projeto para a implantação da sinalização, que indicará o início de perímetro sob a jurisprudência estadual, e consequentemente, facilitará o usuário quanto a obrigatoriedade do farol durante o dia". Procurada pelo G1, a assessoria de imprensa do órgão afirmou que ainda não há um prazo para a sinalização ser implantada e que o trabalho dos agentes e fiscais contará com o reforço de materiais educativos como panfletos, fôlderes e veículos com painel eletrônico.

Sem sinalização
Na quinta-feira (18), quatro dias antes do fim do prazo inicial de 40 dias concedido pelo DER-PE para a realização de ações educativas antes da efetiva aplicação das penalidades aos motoristas pelo não uso do farol, o G1percorreu vias importantes do Grande Recife, como as rodovias PE-01, PE-22 e PE-15, e constatou que elas continuavam sem a sinalização prometida.

Na PE-22, que liga a PE-15 e a PE-01, a sinalização é apenas de placas indicando radares de velocidade. Na PE-15, que liga as cidades do Recife e Olinda, o mesmo cenário foi encontrado: poucas placas de sinalização e nenhum aviso sobre a rodovia ou a norma do farol baixo. Situação semelhante foi verificada na PE-01, que corta Paulista e Olinda.

Norma federal
A Lei Federal Nº 13.290/2016 tem como objetivo principal reduzir a quantidade de acidentes nas rodovias, garantindo mais segurança para motoristas, ao diminuir os riscos de colisões frontais, e também para motoqueiros, ciclistas e pedestres. A medida, sancionada no dia 24 de maio, vale tanto para as rodovias federais quanto para as estaduais.

No Grande Recife, a lei começou a ser cumprida no último 8 de julho e, durante os cinco dias em que estava em vigor, 229 condutores foram autuados. No dia 12 do mesmo mês, o DER-PE suspendeu as notificações e deu um prazo de 40 dias para a realização de ações educativas. As multas aplicadas foram anuladas pela 3ª Vara da Fazenda Pública da Capital.
PE-01, em Paulista e Olinda, não recebeu sinalização do DER (Foto: Penélope Araújo/G1)PE-01, em Paulista e Olinda, não recebeu
sinalização do DER (Foto: Penélope Araújo/G1)
Confira, abaixo, as rodovias que cortam centros urbanos do estado:
- PE-01, incluindo trecho do Complexo de Salgadinho, em Olinda; da avenida Dr. Cláudio José Gueiros Leite, no Janga, em Paulista; e, da Estrada do Forte, na Ilha de Itamaracá;
- PE-05, do final da Avenida Caxangá, no Recife, até São Lourenço da Mata, incluindo a avenida Belmino Correia, em Camaragibe;
- PE-07, que liga Jaboatão Velho a Moreno;
- PE-08, na Estrada da Batalha, em Jaboatão, após a saída do Aeroporto;
- PE-15, em Olinda e Paulista;
- PE-17, mais conhecida como Estrada da Muribeca, em Jaboatão, nas proximidades do Conjunto Marcos Freire;
- PE-24, a Rota dos Coqueiros, na Praia do Paiva, no Cabo de Santo Agostinho;
- PE-27, mais conhecida como Estrada de Aldeia;
- PE-35, que corta Igarassu, Itapissuma e Itamaracá;
- PE-45, no Centro de Araçoiaba;
- PE-60, no Cabo e em Ipojuca, seguindo até a divisa entre Pernambuco e Alagoas, após São José da Coroa Grande;
- PE-90, em Carpina, Limoeiro e João Alfredo;
- BR-101, no Centro de Abreu e Lima;
- BR-101, no Recife, nas proximidades da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

FONTE : PORTAL G1 PERNAMBUCO


ELEIÇÕES 2016 : TSE REGISTRA MAIS DE 500 MIL CANDIDATOS PARA ELEIÇÕES 2016

ver

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) já soma mais de 503.200 candidatos registrados para disputar as eleições deste ano. As eleições municipais serão realizadas em outubro, para os cargos de prefeito, vice-prefeito e de vereador.
De acordo com os dados do Tribunal, o número de candidatos a prefeitos que apresentaram o registro de candidatura até agora chega a 17 mil. Para o cargo de vice-prefeito, a quantidade chega a pouco mais de 17 mil candidatos. Já para vereador já são mais de 469.200 candidatos.
O Estado de São Paulo tem 85.811 mil registros para os três cargos até o momento. Em segundo lugar, em número total de registros, está Minas Gerais com 80.800. O Estado com a menor quantidade de registros, até o momento, é Roraima, com 1.813.
FONTE : AGÊNCIA BRASIL

COTIDIANO : Primeiro ônibus com suporte para bicicleta será testado neste domingo

Veículo da linha 2410 - Parque Capibaribe/TI TIP foi adaptado para transportar até seis bikes


O primeiro ônibus com suporte para bicicleta, o LevaBike, começa a ser testado neste domingo (21). O veículo da linha 2410 - Parque Capibaribe/TI TIP foi adaptado para transportar até seis bikes na parte interna traseira, após a porta de desembarque. Durante a operação, o passageiro entra pela porta traseira do ônibus, coloca a bicicleta em um dos suportes e caminhará, por dentro do veículo, para fazer o pagamento da passagem e rodar a catraca.
Arthur Mota/Folha de Pernambuco
O LevaBike vai operar, inicialmente, aos domingos, apenas na linha Parque Capibaribe/TI, com saída do Terminal Integrado (TIP) e com destino ao Parque Capibaribe, em São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife, com pagamento de meia passagem. Os usuários que forem curtir o "Domingo na Arena", evento realizado na Arena Pernambuco, já poderão utilizar a linha que atende as proximidades do estádio. Para facilitar a identificação, o ônibus adaptado terá adesivos na frente, nas laterais e na parte traseira. 

O protótipo é pioneiro nos ônibus do Recife e RMR e deve ser avaliado após a primeira operação. "O grande ganho é o incentivo ao uso da bicicleta e da integração do modal (bicicleta, ônibus e metrô). Inicialmente é uma rota pequena e tímida, mas que deve ser monitorada para que a gente possa aprender um pouco durante a operação e avançar", comentou o presidente do Grande Recife Consórcio de Transporte, Francisco Papaléo.
Ainda segundo Francisco Papaléo, o objetivo é ampliar o serviço para outras linhas de ônibus. "Vamos observar e avaliar todas as sugestões neste final de semana e no próximo. A partir disso, vamos lançar o LevaBike do Derby até o TIP e do Derby até a Arena Pernambuco. A ideia é iniciar um transporte multimodal nos ônibus, dando mais opções de meios de deslocamento aos usuários", revelou o presidente do Grande Recife. 
A coordenadora geral da Associação Metropolitana dos Ciclistas (Ameciclo), Sabrina Machry, aprovou o protótipo. "A gente teve sorte porque a iniciativa avançou bastante. Visitei o coletivo e identifiquei pouquíssimos problemas", comentou Machry. De acordo com ela, foram sugeridas melhorias para o ciclista acomodar melhor a bicicleta. "Percebemos que os seis espaços só comportam bikes grandes, excluindo ps modelos infantil e dobrável. Negociamos de colocar uma cinta para conseguir sustentar os demais tipos de bicicleta", comentou a coordenadora.
Ainda segundo Marchy, também foi sugerido afastar dois bancos na parte traseira do veículo e o recúo de uma barra para garantir mais espaço nas manobras, além de instalar uma rampinha para ajudar a colocar a bicicleta dentro do coletivo. As sugestões foram recebidas pelo Grande Recife e serão analisadas. 
FONTE : FOLHA DE PERNAMBUCO

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

MURAL DE RECADOS