sexta-feira, 4 de abril de 2014

GOIANA : Doação de terreno para o SENAI é aprovado


Em votação unânime, a Câmara de Vereadores de Goiana aprovou na manhã desta quinta-feira (3), o projeto de lei de autoria da Prefeitura Municipal que doa uma área de 4,3415 hectares ao Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI).
A nova unidade, que será construída próximo ao Engenho Tabatinga, na comunidade de Flexeiras, será uma das maiores do Nordeste e oferecerá formação de nível técnico, qualificação e aperfeiçoamento nas áreas de eletrotécnica, elétrica, automação industrial, mecatrônica, metalmecânica, construção civil, construção pesada e mecânica industrial, essas que são as áreas de maior oferta de emprego nos conglomerados industriais instalados em Goiana.
Segundo o prefeito Fred Gadelha, autor do projeto de doação do terreno, o governo municipal vem investindo e possibilitando que cada vez mais goianenses participem do processo de industrialização da cidade. “Nosso povo deve ser protagonista nesse novo cenário econômico de Goiana e toda região. E incentivos como esse só trazem mais oportunidades para todos”, disse ele.
A estimativa é de que, quando estiver em funcionamento, a Escola Técnica, os laboratórios e oficinas do SENAI de Goiana atendam até 20 mil alunos por ano.
Fonte : Prefeitura Municipal De Goiana

Luciana propõe criação de Fundo de Desenvolvimento para Mídia Independente


Nesta quarta-feira (2), a deputada Luciana protocolou projeto de sua autoria onde propõe a criação do Fundo de Desenvolvimento da Mídia Independente (FDMI), que tem como objetivo garantir recursos para instalação, manutenção e modernização de veículos de mídia independente.  A proposta é fruto do trabalho desenvolvido na subcomissão para análise de formas de financiamento de mídia alternativa.
Como veículo de mídia independente o PL 7354/2014 considera emissoras de rádio e TV comunitárias, educativas, produtoras regionais independentes e veículos de comunicação de pequeno porte. Há requisitos para garantir que o Fundo fomente, de fato, produções regionais como não ser controlada ou coligada com produtoras que não atendam aos critérios de regional ou microempresa e produzir conteúdo majoritariamente regional.  Há critérios específicos também para garantir o incentivo a veículos de comunicação de pequeno porte.
O Fundo deve ser constituído por dotações designadas na lei orçamentária anual da União, por parte das receitas do Fistel, por 50% dos recursos obtidos na outorga onerosa de concessão e permissão para executar serviços de radiodifusão sonora ou de sons e imagens e pela contribuição de 1% sobre a receita operacional bruta de emissoras comerciais de radiodifusão que não sejam classificadas como veículos de comunicação de pequeno porte, e sobre a receita de prestadoras de serviço de acesso condicionado.
Os recursos poderão ser aplicados na modernização de equipamentos, na contratação de pessoal, na elaboração de projetos editoriais, na geração de novos conteúdos, na geração de conteúdos, na produção e programação com finalidades educativas, artísticas, culturais, científicas e informativas e na promoção da cultura nacional. Há previsão de pagamento de salários e encargos de contratados por 24 meses. 
Para incentivar a produção regional o projeto determina que em cada exercício, pelo menos 40% dos recursos do FMDI sejam aplicados em programas, projetos e atividades executados nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.
Para a deputada Luciana o projeto está amparado nas discussões feitas com a sociedade civil e nas propostas da 1ª Conferência Nacional de Comunicação. “Nossa intenção é promover o equilíbrio da balança da comunicação no Brasil e garantir que os veículos de comunicação independentes tenham condições para desenvolver o seu trabalho”.
De Brasília;

Ana Cristina Santos 

Fonte : Camara Dos Deputados

BASQUETE : SPORT RECIFE E MARANHÃO BASQUETE JOGAM A SEGUNDA DA SEMIFINAL DA LBF – 2013/14




A segunda rodada da série melhor-de-três do playoff – semifinal da Liga de Basquete Feminino (LBF) – 2013/14 será complementada neste sábado (05 de abril), às 10h00 (de Brasília), com mais uma edição do ‘Clássico do Nordeste’, entre Sport Recife e Maranhão Basquete, que ocorre no ginásio Marcelino Lopes (Ilha do Retiro), em Recife (PE).
O jogo terá transmissão ao vivo pela www.rcefm.net com Narração do Estagiário da Bola, Nado Silva, Comentários do Polemico, Leandro Araújo e reportagens de Francisco de Assis que também comanda o pré-jogo as 9h30.
Atual campeão da Liga de Basquete Feminino (LBF), o Rubro Negro pernambucano, comandado pelo técnico Roberto Dornelas, que saiu na frente nesta série, chegará a mais uma decisão com um novo resultado favorável. Para isso, o time conta com o trabalho eficiente da psicóloga Rosângela Dornelas para evitar a ansiedade excessiva.
“O trabalho da Rosângela é muito importante para o grupo. Ela consegue encontrar nosso ponto de equilíbrio e nos ajuda tanto dentro quanto fora da quadra. É uma pessoa que sempre está disponível para ajudar e tem uma contribuição decisiva para o rendimento do time”, declara a experiente armadora Adrianinha Moisés.
ta Dream, equipe da WNBA (versão feminina da Liga Profissional Norte-americana). Já para o representante maranhense, dirigido pelo técnico Antônio Carlos Barbosa, precisa vencer para igualar a disputa e forçar a realização do terceiro confronto. “O time está confiante, ciente que pode reverter à desvantagem, já que é uma série marcada pelo equilíbrio, onde tudo pode acontecer. Não podemos ser
Já Nádia Colhado, um dos nomes importantes do Sport Recife na temporada, quer o time totalmente concentrado nesta segunda partida semifinal. “Temos um jogo dificílimo contra o Maranhão Basquete e precisamos entrar 100% focadas na partida”, acrescenta a pivô, que teve sua presença confirmada no traning camp do Atla
ntão irregulares, como ocorreu no terceiro quarto. Mas, é preciso lembrar que o primeiro quarto do Sport Recife foi perfeito, pois é uma grande equipe e temos de reconhecer isso”, relata o experiente treinador.
“Trabalhamos bastante nos treinamentos, buscando corrigir os erros apresentados no primeiro jogo da série e, mesmo sabendo que é difícil derrotar o Sport Recife em seu ginásio, estamos animadas, já que podemos fazer um bom jogo e buscar a sobrevivência nesta semifinal”, completa a pivô Kelly Santos, do Maranhão Basquete.
Na primeira partida, o Sport Recife venceu, mesmo atuando em São Luís (MA), por 67 a 61. Já o terceiro jogo, se necessário, será disputado na segunda-feira (07 de abril), às 21h00 (de Brasília), novamente em Recife (PE).

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

MURAL DE RECADOS