sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

ECONOMIA : Preço da conta de luz deve cair em 2016, diz Braga




Segundo o ministro, as medidas do chamado "realismo tarifário" não devem pesar tanto no bolso do consumidor como se viu em 2015


O ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, acredita que a conta de luz vai ficar mais barata para o consumidor final, ao longo de 2016. Segundo ele, as medidas do chamado "realismo tarifário", que incluíram a criação de programas como as bandeiras tarifárias, que repassam o custo da energia para a conta do consumidor, conforme aumenta o acionamento das térmicas não devem pesar tanto no bolso do consumidor como se viu em 2015.

"A pressão do realismo tarifário passou. Agora teremos um passo a passo seguro, de certo modo conservador, mas com viés de baixa", disse Braga, em entrevista ao 'Estado'. "Teremos declínio tanto no custo de geração de energia quanto na tarifa de energia elétrica. Não será uma redução abrupta, mas sim planejada e constante", comentou.

sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

BALADAS : Anitta comanda show no Internacional - RECIFE/PE

Cantora tem bombado com o seu último CD, "Bang"

Fãs de Anitta, animem-se: a cantora baixa no Recife dia 9 de janeiro para fazer show no "Baile da Proibida", festa produzida por Maria do Céu. A intérprete de "Show das Poderosas" apresenta na capital pernambucana o repertório do seu novo disco, "Bang", que já está bombando nas pistas de dança do País. Os ingressos já estão à venda no Eventick. 


FONTE : BLOG DA ROBERTA JUNGMAN

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

DIVULGAÇÃO : BODE PRIME - GOIANA/PE

COTIDIANO : Profissionais de saúde do Paulista recebem capacitação sobre calendário de imunização

Aproximadamente 120 enfermeiros e técnicos de saúde da rede municipal do Paulista, Região Metropolitana do Recife (RMR) participaram de uma capacitação sobre o Programa Nacional de Imunização (PNI) nesta quinta-feira (17). Durante o encontro, os profissionais receberam informações sobre as mudanças no calendário básico de vacinação para o ano de 2016.
A vacina contra hepatite A, que antes era aplicada em crianças com um ano e agora será aos 15 meses; a de hepatite C que antes era limitada a pessoas até 49 anos, agora passa a ser disponibilizada sem restrição.

FONTE : FOLHA DE PERNAMBUCO

COTIDIANO : 256 famílias receberam apartamentos de conjunto habitacional em Barra de jangada

Ao todo, são 1,2 mil pessoas beneficiadas

Os 16 blocos do Conjunto Habitacional Mércia de Albuquerque I, em Barra de Jangada, foram entregues nesta quinta-feira (17) pela Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes. Com isso, 256 famílias serão beneficiadas e passarão o Natal em um lar. Ao todo, são 1,2 mil pessoas beneficiadas.
A obra custou mais de R$ 11 milhões financiados pelas Prefeitura e Caixa Econômica Federal, através do Programa “Minha Casa Minha Vida” do Governo Federal. Cada um dos 256 apartamentos possui dois quartos, sala, cozinha e banheiro, na área externa duas quadras, um centro comunitário e uma creche que será mantida pelo município.
FONTE : FOLHA DE PERNAMBUCO

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

DIVULGAÇÃO : AMORA AMORA (GOIANA/PE)


Revendo : Lush,  Miss Nat, Óculos Versátil e Acessórios em Geral,
Multimarcas.





Tem Proteção UVA/UVB
São Originais e Tem Garantia





CÂMBIO : Dólar volta a fechar acima de R$ 3,80 com possível rebaixamento do Brasil

Durante todo o dia, a cotação operou em alta. No entanto, o ritmo de alta se intensificou a partir das 15h
Dólar volta a fechar acima de R$ 3,80 (Maria Eduarda Bione/Esp. DP)

Um dia depois de a agência de classificação de risco Moody's anunciar que pode rebaixar a nota da dívida pública brasileira, a moeda norte-americana teve forte alta nesta quinta-feira e voltou a fechar acima de R$ 3,80. O dólar comercial subiu R$ 0,064 (1,7%) e encerrou a sessão vendido a R$ 3,801.

Durante todo o dia, a cotação operou em alta. No entanto, o ritmo de alta se intensificou a partir das 15h. Por volta das 16h40, o dólar chegou a atingir R$ 3,805, na máxima do dia. A divisa acumula queda de 2,21% em dezembro. Em 2015, a moeda subiu 42,9%.

Nas bolsas de valores, o dia também foi marcado pela queda. O índice Ibovespa, da Bolsa de São Paulo, caiu 1,04% e encerrou em 45.630,71 pontos. As ações ordinárias da Petrobras caíram 2,75%, e as preferenciais recuaram 2,61%.

No fim da tarde de quarta, a Moody's revisou para negativa a perspectiva da nota da dívida brasileira. A decisão abre caminho para que o Brasil seja rebaixado e perca o grau de investimento, garantia de que o país não dará calote na dívida pública.

Em setembro, a Standard & Poor's retirou o país dessa categoria. Caso uma segunda agência de classificação de risco faça o mesmo, os fundos de investimento estrangeiros não poderão mais aplicar no Brasil, ocasionando fuga de capitais do país.

Em comunicado, a Moody's citou a incerteza política brasileira criada após a abertura do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff como fator que pode impedir a aprovação do Orçamento de 2016 e de medidas de aumento de impostos essenciais para aumentar as receitas. Além disso, a agência destacou que dificilmente a economia brasileira conseguirá se recuperar no próximo ano.

Fonte : Agência Do Brasil

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

POLÍTICA : De Temer Para Dilma : Confira na íntegra a carta enviada por Michel Temer a Dilma

Em carta-bomba, vice-presidente escreve um desabafo e diz que já deveria ter feito. Ele enumera 11 queixas contra presidente

Foto: Anderson Riedel/ Agência Brasil.

Em latim, o vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB-SP), começa a abertura de uma carta endereçada à presidente Dilma Rousseff (PT), na qual ele enumera 11 pontos que teriam sido responsáveis pelo seu afastamento da petista. “Verba volant, scripta mament”, escreve ele nas primeiras linhas, citando um antigo provérbio que significa: “As palavras voam, os escritos permanecem.” Com o texto, enviado a Dilma, Temer quebrou o silêncio que vinha mantendo desde a quarta-feira passada, quando o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), abriu o pedido de impeachment contra a petista. O documento vazou através do G1 e foi interpretado como um rompimento. “É um desabafo que já deveria ter feito há muito tempo (…) Passei os quatro primeiros anos de governo como vice decorativo”, frisa ele, num momento em que a base está dividida e a Câmara escolhe deputados para a comissão especial que analisa o afastamento da petista do cargo.

Por meio do Twitter, uma das redes sociais da internet, a Vice-Presidência lamentou que a carta privada tenha sido divulgada publicamente. A assessoria do peemedebista negou, inclusive, que o vice tenha proposto um rompimento, mas ressalta, sim, que ele pregou a “reunificação do país”. 

O documento do vice, contudo, vai numa linha bem diferente do que explica a assessoria dele no Twitter enquanto petistas reforçam que o próprio PMDB divulgou. O texto de Temer termina com outra polêmica frase: “Sei que a senhora não tem confiança em mim e no PMDB, hoje, e não terá amanhã. Lamento, mas esta é a minha convicção”, arremata, sem esperança de que as coisas melhorem. Ou seja, uma contradição sobre a tentativa de “reunificação”. 

Para quem lê a carta de 894 palavras, tem a impressão de que Temer fez um gesto de “adeus”. Antes do desfecho, disse que ele e o PMDB sempre foram vistos como “meros acessórios”, que Dilma o desvalorizou, descumpriu seus acordos e o retaliou, dando inclusive mais valor ao líder do PMDB, Leonardo Picciani (RJ), do que a ele, que exerceu a coordenação política do governo no início do ano. 

Entre as queixas, feitas em meio ao momento de maior turbulência de Dilma, ele cita a demissão de pessoas ligadas a ele, como Moreira Franco, lista encontros realizados por Dilma nos quais ele não foi convidado e lamenta que o PMDB jamais tenha sido chamado para discutir os problemas econômicos do país. O documento de Michel Temer, por outro lado, não menciona o nome de Eduardo Cunha, que aceitou o pedido de impeachment contra Dilma, nem a infidelidade do PMDB nas votações da Câmara. Moreira Franco, que preside a Fundação Ulysses Guimarães, inclusive disse na semana passada que o pedido de impeachment era “libertador”.

O desabafo de Temer, que vazou à imprensa, foi feito depois que Dilma afirmou não desconfiar “um milímetro” dele. Também coincidiu com um evento realizado na Fecomércio de São Paulo, onde ele apresenta um documento intitulado “Uma ponte para o futuro”, com a presença de mais de 100 empresários. Nesse encontro, Temer não falou sobre impeachment no palco. O documento foi considerado, nos bastidores, como um programa de governo do PMDB. Depois da meia-noite, Temer ainda se reuniu com o ministro da Advocacia-Geral da União, Luís Inácio Adams, no Palácio do Jaburu, onde também há havia vários aliados seus. (Com informações de agências)

A carta explosiva

"Verba volant, scripta manent" (As palavras voam, os escritos permanecem). Por isso lhe escrevo. Muito a propósito do intenso noticiário destes últimos dias e de tudo que me chega aos ouvidos das conversas no Palácio. Esta é uma carta pessoal. É um desabafo que já deveria ter feito há muito tempo. Desde logo lhe digo que não é preciso alardear publicamente a necessidade da minha lealdade. Tenho-a revelado ao longo destes cinco anos. 

Lealdade institucional pautada pelo art. 79 da Constituição Federal. Sei quais são as funções do Vice. À minha natural discrição conectei aquela derivada daquele dispositivo constitucional. Entretanto, sempre tive ciência da absoluta desconfiança da senhora e do seu entorno em relação a mim e ao PMDB. Desconfiança incompatível com o que fizemos para manter o apoio pessoal e partidário ao seu governo.

Basta ressaltar que na última convenção apenas 59,9% votaram pela aliança. E só o fizeram, ouso registrar, por que era eu o candidato à reeleição à Vice. Tenho mantido a unidade do PMDB apoiando seu governo usando o prestígio político que tenho advindo da credibilidade e do respeito que granjeei no partido. Isso tudo não gerou confiança em mim, Gera desconfiança e menosprezo do governo. 
Vamos aos fatos. Exemplifico alguns deles.

1. Passei os quatro primeiros anos de governo como vice decorativo. A Senhora sabe disso. Perdi todo protagonismo político que tivera no passado e que poderia ter sido usado pelo governo. Só era 
chamado para resolver as votações do PMDB e as crises políticas. 

2. Jamais eu ou o PMDB fomos chamados para discutir formulações econômicas ou políticas do país; éramos meros acessórios, secundários, subsidiários.

3. A senhora, no segundo mandato, à última hora, não renovou o Ministério da Aviação Civil onde o Moreira Franco fez belíssimo trabalho elogiado durante a Copa do Mundo. Sabia que ele era uma indicação minha. Quis, portanto, desvalorizar-me. Cheguei a registrar este fato no dia seguinte, ao telefone.

4. No episódio Eliseu Padilha, mais recente, ele deixou o Ministério em razão de muitas "desfeitas", culminando com o que o governo fez a ele, Ministro, retirando sem nenhum aviso prévio, nome com perfil técnico que ele, Ministro da área, indicara para a ANAC. Alardeou-se a) que fora retaliação a mim; b) que ele saiu porque faz parte de uma suposta "conspiração".

5. Quando a senhora fez um apelo para que eu assumisse a coordenação política, no momento em que o governo estava muito desprestigiado, atendi e fizemos, eu e o Padilha, aprovar o ajuste fiscal. 
Tema difícil porque dizia respeito aos trabalhadores e aos empresários. Não titubeamos. Estava em jogo o país. Quando se aprovou o ajuste, nada mais do que fazíamos tinha sequencia no governo. Os acordos assumidos no Parlamento não foram cumpridos. Realizamos mais de 60 reuniões de lideres e bancadas ao longo do tempo solicitando apoio com a nossa credibilidade. Fomos obrigados a deixar aquela coordenação.

6. De qualquer forma, sou Presidente do PMDB e a senhora resolveu ignorar-me chamando o líder Picciani e seu pai para fazer um acordo sem nenhuma comunicação ao seu Vice e Presidente do Partido. Os dois ministros, sabe a senhora, foram nomeados por ele. E a senhora não teve a menor preocupação em eliminar do governo o Deputado Edinho Araújo, deputado de São Paulo e a mim ligado.

7. Democrata que sou, converso, sim, senhora Presidente, com a oposição. Sempre o fiz, pelos 24 anos que passei no Parlamento. Aliás, a primeira medida provisória do ajuste foi aprovada graças aos 8 
(oito) votos do DEM, 6 (seis) do PSB e 3 do PV, recordando que foi aprovado por apenas 22 votos. Sou criticado por isso, numa visão equivocada do nosso sistema. E não foi sem razão que em duas oportunidades ressaltei que deveríamos reunificar o país. O Palácio resolveu difundir e criticar.

8. Recordo, ainda, que a senhora, na posse, manteve reunião de duas horas com o Vice Presidente Joe Biden - com quem construí boa amizade - sem convidar-me o que gerou em seus assessores a pergunta: o que é que houve que numa reunião com o Vice Presidente dos Estados Unidos, o do Brasil não se faz presente? Antes, no episódio da "espionagem" americana, quando as conversar começaram a ser retomadas, a senhora mandava o Ministro da Justiça, para conversar com o Vice Presidente dos Estados Unidos. Tudo isso tem significado absoluta falta de confiança;

9. Mais recentemente, conversa nossa (das duas maiores autoridades do país) foi divulgada e de maneira inverídica sem nenhuma conexão com o teor da conversa.

10. Até o programa "Uma Ponte para o Futuro", aplaudido pela sociedade, cujas propostas poderiam ser utilizadas para recuperar a economia e resgatar a confiança foi tido como manobra desleal.

11. PMDB tem ciência de que o governo busca promover a sua divisão, o que já tentou no passado, sem sucesso. A senhora sabe que, como Presidente do PMDB, devo manter cauteloso silencio com o objetivo de procurar o que sempre fiz: a unidade partidária. Passados estes momentos críticos, tenho certeza de que o País terá tranquilidade para crescer e consolidar as conquistas sociais. Finalmente, sei que a senhora não tem confiança em mim e no PMDB, hoje, e não terá amanhã. 

Lamento, mas esta é a minha convicção.

Fonte : Diário de Pernambuco

domingo, 6 de dezembro de 2015

SEMANA SANTA : PAIXÃO DE CRISTO DE NOVA JERUSALÉM/PE 2016


INGRESSOS JÁ ESTÃO À VENDA PELO SITE

A Sociedade Teatral de Fazenda Nova (STFN) iniciou as vendas dos ingressos da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém a partir de 1º de dezembro no site oficial www.novajerusalem.com.br. 
Os bilhetes para o espetáculo, que será realizado de 19 a 26 de março, custamo de R$ 100,00 a R$ 140,00, dependendo do dia, com meia entrada para estudantes e público até 14 anos. Nas compras feitas pelo site, o valor do ingresso poderá ser parcelado em até 12 vezes nos cartões de créditos.
A STFN anunciou ainda uma facilidade a mais para as compras de ingressos nos pontos de venda credenciados, que só serão iniciadas em fevereiro. Nesses locais, os ingressos eram vendidos em até 3 vezes no cartão, mas, para a próxima temporada, o parcelamento poderá ser feito em até 6 vezes sem juros nos cartões Hipercard, Visa e Redecard. Essa alternativa também será oferecida nas bilheterias do teatro. Veja os preços abaixo:
PREÇOS DOS INGRESSOS
19/03 – SÁBADO
R$ 140,00 Inteira
R$ 70,00 Meia

20/03 - DOMINGO
R$ 120,00 Inteira
R$ 60,00 Meia

21/03 - SEGUNDA
R$ 100,00 Inteira
R$ 50,00 Meia

22/03 - TERÇA
R$ 100,00 INTEIRA
R$ 50,00 MEIA

23/03 - QUARTA
R$ 100,00 INTEIRA
R$ 50,00 MEIA

24/03 - QUINTA
R$ 120,00 - INTEIRA
R$ 60,00 - MEIA

25/03 - SEXTA
R$ 140,00 - INTEIRA
R$ 70,00 - MEIA

26/03 - SÁBADO
R$ 120,00 - INTEIRA
R$ 60,00 - MEIA

INFORMAÇÕES SOBRE A POLÍTICA DE DIREITO AO PAGAMENTO DE MEIA ENTRADA.
PARA CRIANÇAS, MELHOR  IDADE, ESTUDANTES, PROFESSORES DA REDE PÚBLICA DE PERNAMBUCO, DEFICIENTES E OUTRAS CATEGORIAS DE PÚBLICO:
CRIANÇAS
-Até 3 anos não pagam ingressos (crianças de colo).
-A partir de 4 anos até 14 anos – Pagam meia entrada. Mediante a apresentação  do RG ou        certidão de nascimento na Portaria do Teatro.
-A partir de 15 anos - Pagam valor normal dos ingressos.
MELHOR IDADE – A partir de 60 anos pagam meia entrada. Mediante a apresentação do RG ou do Passaporte no ato da compra e na Portaria do Teatro.
ESTUDANTES - Estudantes portadores de carteiras estudantis válidas, pagam meia entrada. Mediante a apresentação da CARTEIRA ESTUDANTIL  na Portaria do Teatro.  (Lei 12.933, 26.12.2013).
PROFESSORES DO ESTADO DE PERNAMBUCO
Será concedido desconto de 50% (cinquenta por cento) no valor do ingresso,  para professores de qualquer instituição de ensino (seja ela publica ou particular) publicamente reconhecidas no âmbito do Estado de Pernambuco, integrante do Sistema Estadual de Ensino, devendo para tanto, o professor apresentar carteira funcional emitida pela Secretaria Estadual de Educação, Carteira Profissional, documento de comprovação de filiação a instituição representativa de professores (sindicato) ou servidores de instituições ensino ou qualquer outro documento público que comprove o preenchimento dos requisitos previstos na presente Lei. 
DEFICIENTES - e acompanhantes que comprovem estar nessa condição, pagam meia entrada, na forma do regulamento e apresentem documentos na Portaria do Teatro.
(Lei 12.933, 26.12.2013).
JOVENS DE BAIXA RENDA -  com idade entre 15 e 29 anos, necessário estar inscrito no Cad Único para Programas Sociais do Governo Federal e apresentação da carteira do Cad Único na Portaria do Teatro. (Lei 12.933, 26.12.2013). 
Obs.: Todos os documentos comprobatórios deverão ser apresentados no ato da compra do ingresso e na Portaria de entrada do teatro.
Guias de Turismo e Motoristas dos veículos de turismo têm acesso gratuito, devendo apresentar os seguintes documentos:
1.       Guias de Turismo – Crachá do Ministério do Turismo/EMBRATUR;
2.       Motoristas – Apresentação da licença da viagem do DER ou ANTT e da carteira de habilitação.
Maiores informações pelo fone (81) 3732.1129 / Fax (81) 3732.1180; pelo site: www.novajerusalem.com.br, ou por e-mail para: novajerusalem@novajerusalem.com.br.
FOTOS: Solicitar pelos telefones (81) 3228.7326 / 9707-2200 ou por e-mail para: maurogg@uol.com.br
Informações da Central de Reservas de Ingressos:
(81) 3366.6290 / (81) 3366.6291 – e-mail: paixaodecristo@luckviagens.com.br

FONTE : Sociedade Teatral De Fazenda Nova/PE

COTIDIANO : Cantata marca a abertura do ciclo natalino

Apresentações artísticas começam às 17h, na praça da República

Foram montados três palcos para receber as programações. Para as pessoas com necessidades especiais, será disponibilizado o serviço de transfer

A abertura do Ciclo Natalino será marcada por uma cantata promovida pelo Governo do Estado, em parceria com a Prefeitura do Recife, Assembleia Legislativa e Tribunal de Justiça. O evento começa 17h, na Praça da República, área Central do Recife. As apresentações vão contar com 300 artistas, entre corais, orquestras, bandas sinfônicas, pastoris e reisados, será aberto ao público.
Na praça, foram montados três palcos para receber as programações, além de uma iluminação e decoração especial de natal. As apresentações serão realizadas também no chão, junto à população. A apresentação inicial será dos reisados e pastoris às 17h na praça, em seguida será a vez da Orquestra e Coral Criança Cidadã às 18h, em frente ao Palácio da Justiça. Após a exibição, o público se deslocará para o Teatro de Santa Isabel para conferir o som da Banda Sinfônica da Cidade do Recife e logo após, o público seguirá para a frente do Palácio do Campo das Princesas para conferir a Orquestra da Câmara de Pernambuco, o Coro do Conservatório Pernambucano de Música e o Coral da Alepe.
Como chegar
Quem for ao evento de carro contará com três pontos de estacionamento gratuitos: as sedes da Prefeitura do Recife, do Tribunal Regional Regional Federal - 5ª região (TRF5), situados na avenida Cais do Apolo, além da Assembleia Legislativa, que fica na rua da Aurora. Será disponibilizado um ônibus, de cada um desses locais, cedido pela Urbana-PE para levar o público até a festa.

Acessibilidade
Para as pessoas com necessidades especiais, será disponibilizado o serviço de transfer especial. O transporte deles será realizado por veículos adaptados do programa estadual PE Conduz. Ainda os usuários poderão contar com a tradução de toda a programação em Libras, para as pessoas surdas, e audiodescrição para os cegos.
Uma equipe da Superintendência Estadual de Apoio à Pessoa com Deficiência (Sead) estará, a partir das 15h, na frente do palco montado na Praça da República para orientar as pessoas quem queiram participar.

Fonte : Folha De Pernambuco


quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

ELEIÇÕES : PRONUNCIAMENTO : Dilma se diz indignada com decisão de Cunha sobre processo de impeachment

Discurso foi feito após a decisão do presidente da Câmara de abrir um processo de impeachment contra mandatária



"Não existe nenhum ato ilícito praticado por mim; não paira contra mim nenhuma suspeita de desvio de dinheiro público" disse a presidente Dilma Rousseff durante pronunciamento em rede nacional na noite desta quarta-feira.

O discuso foi feito após a decisão do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), de abrir um processo de impeachment contra ela. "Tenho convicção e absoluta tranquilidade contra a improcedência deste pedido", afirmou Dilma.

Cunha disse que havia decidido abrir o processo de afastamento de Dilma horas após a bancada petista anunciar que iria votar contra ele no Conselho de Ética.

Ela ainda lembrou das notícias de que o PT estaria negociando com Cunha uma troca de votos no Conselho de Ética pelo arquivamento dos pedidos de abertura de processo de impeachment. "Eu jamais aceitaria ou concordaria com qualquer pedido de barganha", disse a presidente.

FONTE : CORREIO BRAZILIENSE

domingo, 15 de novembro de 2015

CULTURA : Programe-se com o roteiro especial (BARES E RESTAURANTES)

Happy hour. Paquera. Confraternização. Confira um guia com os bares e restaurantes da Região Metropolitana do Recife para aproveitar todas as ocasiões


Prato "Dadinhos de tapioca" do Cordel Botequim

BARES
Biruta Bar
Rua Bem-Te-Vi, 15, Brasília Teimosa
Informações: 3326.5151
Funcionamento: Terça a quinta (11h à meia-noite); Sexta e sábado (11h às 2h); Domingo (11h às 19h). Fecha às segundas.
Pagamento: Dinheiro, cartões de crédito e débito
Bodega de Véio
Rua do Amparo, 212, Amparo
Informações: 3429.0185
Funcionamento: Segunda a sábado (10h às 23h30). Fecha aos domingos.
Pagamento: Dinheiro, cartões de crédito e débito
Caldinho do Nenen
Rua Nogueira de Souza, 363, Pina
Informações: 3466.6455
Funcionamento: Segunda a quinta (11h às 1h); Sexta e sábado (11h às 3h) e Domingo (11h à meia-noite).
Pagamento: Dinheiro, cartões de crédito e débito
Casa dos Bárbaros
Avenida Domingos Ferreira, 4225, Boa Viagem
Informações: 3049.4257
Funcionamento: Segunda a quarta (11h30 às 15h30 e das 17h30 à meia-noite); Quinta e sexta (11h30 às 15h30 e das 17h30 às 2h); Sábados (11h às 2h) e Domingo (11h às 22h).
Pagamento: Dinheiro, cartões de crédito e débito
Central
Rua Mamede Simões, 144, Santo Amaro
Informações: 3222.7622
Funcionamento: Segunda a sexta (12h às 2h); Sábados (a partir das 20h). Fecha aos domingos.
Pagamento: Dinheiro, cartões de crédito e débito
Cordel Botequim
Rua da Hora, 837, Espinheiro
Informações: 3033.4126
Funcionamento: Segunda a quinta (11h45 à meia-noite); Sexta e sábado (11h45 à 1h30); Domingo (11h45 às 22h).
Pagamento: Dinheiro, cartões de crédito e débito
Guaiamum Gigante 
Rua Doutor José de Góes, 299, Parnamirim
Informações: 3441.1509
Funcionamento: Segunda a quinta (das 18h à meia-noite); Sexta e sábado (meio-dia às 1h) e Domingo (meio-dia às 18h).
Pagamento: Dinheiro, cartões de crédito e débito
Fiteiro
Rua Capitão Rebelinho, 520, Pina
Informações: 3032.6643
Funcionamento: Segunda a quinta (11h30 às 2h); Sexta e sábado (11h30 às 3h) e Domingo (11h30 à meia-noite).
Pagamento: Dinheiro, cartões de crédito e débito
Canela Gastrobar
Rua Caio Pereira, 100, Rosarinho
Informações: 3241.5604
Funcionamento: Terça a sexta (Meio-dia às 15h e das 18h às 2h); Sábado e domingo (Sem intervalo). Fecha às segundas
Pagamento: Dinheiro, cartões de crédito e débito
Empório Sertanejo
Rua da Hora, 34, Espinheiro
Informações: 3083.2739
Funcionamento: Terça a sexta (13h às 4h30); Sábado (10h às 4h30); Fecha aos domingos e segundas
Pagamento: Dinheiro, cartões de crédito e débito

RESTAURANTES
Contemporâneos
HotSpot
Rua Capitão Rebelinho, 478, Pina
Informações: 3034.1284
Funcionamento: Terça a quinta (Meio-dia às 15h); Sexta (Meio dia ao último cliente) e Sábado (Meio-dia às 15h); Terça a sábado (Jantar: 18h à 0h)
Pagamento: Dinheiro, cartões de crédito e débito (exceto Hipercard), Sodex e Ticket Restaurante
Ponte Nova
Rua do Cupim, 172, Graças
Informações: 3327.7226
Funcionamento: Terça e quarta (19h às 23h30); Quinta (19h à meia-noite); Sexta e sábado (19h à 0h30); Domingo (Meio-dia às 15h30). Fecha às segundas.
Pagamento: Dinheiro, cartões de crédito e débito
Thaal Cuisine
Rua Marquês de Tamandaré, 203, Poço da Panela
Informações: 3034.0770
Funcionamento: Segunda a sábado (19h à 1h)
Pagamento: Dinheiro, cartões de crédito e débito

Japoneses
Zen Comida Japonesa
Avenida Ayrton Sena da Silva, 167, Piedade
Rua da Hora, 288, Espinheiro
Informações: 3094.5028 (Piedade) e 3427.3377 (Espinheiro)
Funcionamento: Segunda a quinta (11h30 às 15h e das 18h às 23h30); Sexta (11h30 às 15h e das 18h à meia-noite); Sábado (11h30 às 16h e das 18h à meia-noite); Domingo (11h30 às 23h30).
Pagamento: Dinheiro, cartões de crédito e débito
Taberna Japonesa Quina do Futuro
Rua Xavier Marques, 134, Aflitos
Informações: 3241.9589
Funcionamento: Segunda a quinta (11h30 às 15h e das 18h às 23h30); Sexta (11h30 às 23h30 e das 18h à meia-noite); Sábado (12h às 15h30 e das 18h à meia-noite). Fecha aos domingos.
Pagamento: Dinheiro, cartões de crédito e débito
Ilha do Sushi
Rua Maria Carolina, 80, Boa Viagem
Informações: 3466.2122
Funcionamento: Domingo a quinta (11h às 2h); Sexta e sábado (11h às 4h)
Pagamento: Dinheiro, cartões de crédito e débito
Itiban
Rua Pessoa de Melo, 354, Madalena
Informações: 3227.9338 e 3445.6403
Funcionamento: Todos os dias (11h30 às 14h30 e das 18h às 23h)
Pagamento: Dinheiro, cartões de crédito e débito

Regional
Parraxaxá
Rua Igarassu, 40, Casa Forte
Informações: 3268.4169
Funcionamento: Segunda a sábado (11h30 às 22h); Domingo (7h às 22h)
Pagamento: Dinheiro, cartões de crédito e débito
Oficina do Sabor
Rua do Amparo, 335, Amparo
Informações: 3429.3331
Funcionamento: Terça a quinta (Meio-dia às 16h e das 18h à meia-noite); Sexta e sábado (Meio-dia à 1h); Domingo (Meio-dia às 17h). Fecha às segundas
Pagamento: Dinheiro, cartões de crédito e débito
Recanto Paraíbano
Avenida 17 de Agosto, 248, Parnamirim
Informações: 3441.9945
Funcionamento: Terça a sábado (Meio-dia à 2h); Domingo (Meio-dia à meia-noite). Fecha às segundas
Pagamento: Dinheiro, cartões de crédito e débito

Variados
Entre Amigos
Rua Marquês de Valença, 50, Boa Viagem
Rua da Hora, 695, Espinheiro
Informações: 3312.1000 e 3222.6705
Funcionamento: Todos os dias (11h30 às 3h)
Pagamento: Dinheiro, cartões de crédito e débito
Outback Steakhouse
Avenida República do Líbano, 251 (Shopping RioMar, piso L1 – Loja 1178 ), Pina
Informações: 3035.0930 e 3035.0939
Funcionamento: Segunda a quinta (Meio-dia às 15h e das 18h às 23h); Sexta (Meio-dia às 15h e das 18h à 1h); Sábado (Meio-dia à 1h); Domingo (Meio-dia às 23h)
Pagamento: Dinheiro, cartões de crédito e débito

FONTE : FOLHA DE PERNAMBUCO

quarta-feira, 11 de novembro de 2015

COTIDIANO : Mais de quatro mil cinquentinhas licenciadas. Multas para condutores irregulares começa nesta quinta

Prazo para regularização terminou às 16h

Um total de 4.262 cinquentinhas foram regularizadas nos últimos três meses, informou o Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE). A partir desta quinta-feira (12), cinquentinhas flagradas sem placas serão apreendidas e condutores multados em R$ 191,54. O prazo para regularizar os veículos terminou às 16h nesta quarta-feira (11).
Leia também:

O Detran admite que não haverá tempo para que todos estejam regularizados até o fim desta quarta (11). Por conta disso, a Anuc fez uma solicitação formal para que o início da cobrança do licenciamento fosse adiado, mas não foi atendida.
O último dia para a regularização das cinquentinhas em todo o Estado foi de muita espera. Mesmo com o atendimento encerrado às 16h, vários condutores ainda esperavam para entrar na sede do Detran, no bairro da Iputing, no Recife, por volta das 17h40 desta quarta-feira (11). Alguns deles, desde a madrugada no local, foram atendidos por ter passado por uma primeira etapa da regularização na manhã.


Quem não conseguiu regularizar, não será multado em duas situações: se não tiver conseguido o documento de “nada consta” da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos ou se a cinquentinha ainda não tiver sido cadastrada na Base de Índice Nacional (BIN), o que cabe a concessionárias e fabricantes.
Nesses casos, o condutor terá até o dia 11 de dezembro para entregar o que falta. Mesmo assim, se for abordado em fiscalizações, terá que apresentar o comprovante de que o processo de regularização foi iniciado até o dia 11 de novembro.
Prorrogação
A proposta é a de que as vistorias seguissem até fevereiro, com prazos determinados de acordo com as terminações dos chassis. “Na Paraíba, a vistoria dos chassis finalizados em 0, 1 e 2 terminou em outubro. Isso garante um atendimento sem tanta demanda”, acrescentou Toscano.
O diretor geral do Detran-PE, Sebastião Marinho, justificou a decisão de não prorrogar o prazo por conta da necessidade urgente de rigor na fiscalização desses veículos. “É preciso haver esse mecanismo para inibir acidentes e irregularidades históricas”, afirmou.
Fim do prazo
O último dia para a regularização das cinquentinhas em todo o Estado foi de muita espera. Mesmo com o atendimento encerrado às 16h, vários condutores ainda esperavam para entrar na sede do Detran, no bairro da Iputing, no Recife, por volta das 17h40 desta quarta-feira (11). Alguns deles, desde a madrugada no local, foram atendidos por ter passado por uma primeira etapa da regularização na manhã.

FONTE : FOLHA DE PE

domingo, 25 de outubro de 2015

CULTURA : Joelma lança primeira música da carreira solo em parceria com pernambucana

Cantora segue em frente e divulga música em parceria com a banda Musa

 
Priscila Senna, vocalista da banda Musa, diz que "sempre sonhou com esse momento"

Joelma Calypso, como a cantora está se lançando, canta sobre o amor dos fãs no lançamento, que já tem mais de 2 mil visualizações no YouTube. Priscila Senna, da banda Musa, abre "Amor de Fã" dizendo que "sempre sonhou com esse momento": cantar ao lado de Joelma.
    Recém-separada de Chimbinha, a cantora paraense está aos poucos se afastando da banda Calypso. O último compromisso dela com o grupo será na festa de réveillon de Macapá, no Amapá, no dia 31 de dezembro. A estreia da carreira solo de Joelma nos palcos será na gravação do DVD da banda Musa, na próxima quarta-feira (28), em Olinda. Escute o resultado da parceira a seguir.

    FONTE : FOLHA DE PE

    BALADAS : Ivete Sangalo vai fechar Carnaval do Recife

    Iveteiros, podem comemorar. Um dos grandes sonhos dos fãs pernambucanos de Ivete Sangalo vai se concretizar: a baiana vai fazer show no Carnaval da Cidade. Ela se apresenta na última noite de folia do espaço, trazendo seu enérgico show para o espaço que fica no Bairro do Recife, principal point do agito na Capital pernambucana durante os dias de Momo. Aliás, essa será a primeira vez que 'Veveta" faz show completo na folia de PE, já que tradicionalmente ela puxa seu bloco na Bahia. Vai ferver.

    Ivete vai trazer seu enérgico show para a folia pernambucana

    FONTE : BLOG DA ROBERTA JUNGMAN

    LAZER : PRAIA DE CARNE DE VACA - GOIANA/PE


    VENHAM CONHECER E DESFRUTAR DA MAIOR BELEZA NATURAL QUE A CIDADE DE GOIANA/PE TEM, QUE É A PRAIA DE CARNE DE VACA 

    segunda-feira, 19 de outubro de 2015

    ECONOMIA : Preços de hortifruti caíram em setembro, diz Conab


    Tomate, cebola e melancia foram os produtos com maior queda nas Ceasas

    Tomate foi o produto com maior queda de preço em setembro nas Ceasas

    Os produtos hortifrutigranjeiros que mais caíram de preços nas centrais de abastecimento (Ceasas) no mês passado foram tomate, cebola e melancia, informa boletim divulgado nesta segunda-feira (19), pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). O preço da cebola chegou a cair 49% em São Paulo, enquanto o do tomate e da melancia teve queda de 26,9% e 20,7%, respectivamente, em Belo Horizonte.
    O levantamento da Conab tomou por base os preços praticados nas Ceasas de Vitória, Belo Horizonte, do Rio de Janeiro, de Curitiba, Campinas (SP) e na Ceagesp de São Paulo. Nos próximos boletins, poderão ser incluídas também as centrais de Goiânia, do Recife, de Fortaleza e Rio Branco.
    As hortaliças selecionadas nesse levantamento foram alface, tomate, batata, cebola e cenoura. A queda do preço do tomate foi foi registrada também nas Ceasas de Vitória (23%), do Rio de Janeiro (22,9%), de São Paulo (19,3%), Campinas (17,5%) e Curitiba (14,1%). Segundo o boletim da Conab, a tendência de queda deve continuar neste mês, mas de forma menos intensa.
    A causa da queda de preços foi a redução do clima favorável para produção, aliada à diminuição do consumo. De acordo com a Conab. o movimento de baixa nos preços é característico desta a época do ano. Com preço mais baixo, o tomate deixou de ser o vilão de seu grupo na composição do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). O preço da cebola também caiu: 49% em São Paulo e 39,4% em Curitiba. A cenoura ficou mais barata em todas as centrais de abastecimento, com exceção do do Rio de Janeiro, onde teve alta de 1%.
    A melancia ficou mais barata todos os mercados pesquisados, menos no Rio de Janeiro, onde houve aumento de 3,3%, na comparação com agosto. Em São Paulo, o preço caiu 2,8%; em Vitória, 9,4%; em Campinas, 12,2%; em Curitiba, 14,7%; e em Belo Horizonte, 20,7%.
    As frutas pesquisadas foram banana, laranja, maçã, mamão e melancia. O mamão teve a segunda maior redução na maioria das centrais, acompanhado de perto pela banana. A exceção foi o Rio de Janeiro, com aumentos de 8,4 e 7,9%, respectivamente.
    FONTE : FOLHA DE PE

    sábado, 17 de outubro de 2015

    OLINDA : PRAIAS DE OLINDA EM CONDIÇÕES “SATISFATÓRIAS” PARA O BANHO

    Praia dos Milagres1

    Nenhuma praia de Olinda consta como “Imprópria” na lista do programa de monitoramento de qualidade da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), que tem o objetivo de avaliar a balneabilidade das águas de todo o litoral pernambucano. Isso significa que as praias da cidade estão classificadas como “satisfatórias” para o banho, a exemplo dos Milagres (Foto).
    Por outro lado, cinco praias do Estado foram consideradas impróprias para o banho, segundo informou a CPRH na lista do programa de monitoramento de qualidade da água. Os locais inadequados para o banho estão em:
    • – Paulista: Praia de Pau Amarelo, em frente ao Forte de Pau Amarelo
    • – Sirinhaém: Praia de Barra de Sirinhaém, em frente à Escola Municipal Leonildo da Silva e em frente ao Loteamento Ondas da Barra
    • – Itamaracá: Praia de Jaguaribe, em frente à Rua Santino de Barros
    • – São José da Coroa Grande: Praia de São José da Coroa Grande, em frente à Rua da Matriz, esquina com a Rua João Francisco Melo.
    O Programa de Monitoramento da Qualidade das Praias de Pernambuco conta, atualmente, com 50 pontos de amostragem, distribuídos em 11 municípios litorâneos: Goiana, Itamaracá, Paulista, Olinda, Recife, Jaboatão dos Guararapes, Cabo de Santo Agostinho, Ipojuca, Sirinhaém, Tamandaré e São José da Coroa Grande.
    FONTE : BLOG OLINDA HOJE

    domingo, 11 de outubro de 2015

    POLÍTICA : DELAÇÃO Filho de Lula foi beneficiado por pagamentos do petrolão, diz delator

    A defesa de Lulinha disse que "o sr. Fábio Luis Lula da Silva jamais recebeu qualquer valor do delator mencionado"

    O Instituto Lula afirmou que não fará comentários sobre a delação envolvendo o ex-presidente e seu filho / Foto: Heinrich Aikawa/ Instituto Lula

    O Instituto Lula afirmou que não fará comentários sobre a delação envolvendo o ex-presidente e seu filho

    Foto: Heinrich Aikawa/ Instituto Lula



    O operador do PMDB Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano, disse em seu acordo de delação premiada que um dos filhos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da SIlva foi beneficiado por pagamentos do esquema de corrupção na Petrobras.

    Os valores teriam servido para pagar despesas pessoais.
    Neste domingo (11), o jornal "O Globo" publicou a informação de que Baiano contou em sua delação que teria quitado gastos pessoais de Fábio Luis Lula da Silva, o Lulinha, primogênito de Lula, no valor de cerca de R$ 2 milhões.
    O acordo de Fernando Baiano foi homologado na última sexta-feira (9) pelo ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal.
    O Instituto Lula afirmou que não fará comentários sobre a delação envolvendo o ex-presidente e seu filho. A defesa de Lulinha disse que "o sr. Fábio Luis Lula da Silva jamais recebeu qualquer valor do delator mencionado".

    FONTE : DA FOLHAPRESS

    sábado, 10 de outubro de 2015

    POLÍTICA : TCU aponta R$ 40,2 bi em pedaladas em 2015


    A denúncia contra o governo deve motivar uma nova investigação no tribunal

    Ao final, o procurador do Tribunal aponta para várias ilegalidades fiscais do governo Dilma / Foto: EVARISTO SA / AFP

    Ao final, o procurador do Tribunal aponta para várias ilegalidades fiscais do governo Dilma

    Foto: EVARISTO SA / AFP




    O Ministério Público de Contas, que atua junto ao Tribunal de Contas da União (TCU), vai apresentar representação à corte sobre a repetição das "pedaladas fiscais" em 2015. As manobras, que consistem em atrasar repasse de recursos do governo a bancos públicos, foram a principal "distorção" a embasar a rejeição das contas presidenciais do ano passado pelos ministros, em apreciação na semana passada. A denúncia deve motivar uma nova investigação no tribunal.

    Uma repetição da prática em segundo mandato pode abrir uma nova crise para o governo no Congresso, uma vez que a oposição e parte rebelada da base aliada esperam abrir o processo de impeachment de Dilma baseados no parecer do tribunal de contas. Em julho, o 'Estado' revelou que a Caixa fechara o mês de março deste ano com um déficit de R$ 44 milhões na conta para pagamento de Seguro-Desemprego, que é 100% financiada por recursos do Tesouro Nacional. Esse buraco indica que houve falta de recursos do Tesouro e que a Caixa pode ter sido forçada a, novamente, usar recursos próprios para pagar o programa.
    Na representação assinada na sexta-feira pelo procurador do MP junto ao TCU, Júlio Marcelo de Oliveira, há o registro de que nada menos do que R$ 24,5 bilhões continuam pendurados pelo Tesouro Nacional no BNDES. Outros R$ 13,5 bilhões são devidos pelo governo ao Banco do Brasil (BB). Os dados são de 31 de junho. Essas dívidas do Tesouro com bancos públicos, chamadas de "pedaladas fiscais", foram consideradas pelo TCU como crimes fiscais. Isso porque a Lei de Responsabilidade Fiscal proíbe que instituições financeiras públicas (como BNDES, BB e Caixa) financiem seu controlador (o governo).
    "Não obstante a forma clara e categórica com que este TCU reprovou essa conduta, o governo federal, em 2015, não promoveu qualquer alteração na forma como os valores das equalizações são apurados e pagos ao BNDES", aponta o procurador na representação, revelada pela revista Isto É. Sobre a dívida com o BB, o procurador destaca que ela aumentou em 2015 - ao final do ano passado, a dívida do Tesouro com o banco era de R$ 10,9 bilhões e agora é de R$ 13,5 bilhões. Isso demonstra, segundo Oliveira, "um quadro de agravamento na situação de endividamento ilegal da União perante o Banco do Brasil".
    O Ministério Público de Contas também aponta que, com a Caixa, o governo mantinha uma dívida de R$ 2,2 bilhões em junho deste ano Essa dívida é referente a tarifas e taxas de administração devidas por ministérios que contratam a Caixa para o pagamento de programas públicos, como seguro-desemprego.
    Ao final, o procurador também aponta para outra "ilegalidade fiscal" do governo: o Banco Central continua não registrando nas estatísticas oficiais essa dívida criada pelo Tesouro junto a bancos devido às "pedaladas fiscais".
    Oliveira faz uma crítica indireta à atual equipe econômica do governo Dilma, que substituiu o time liderado por Guido Mantega (ex-ministro da Fazenda) e Arno Augustin (ex-secretário do Tesouro): "O gestor prudente, ante tão clara e categórica indicação da ilegalidade de uma conduta pela Corte de Contas, deve promover de imediato todas as medidas a seu alcance para restauração da legalidade no âmbito da administração, para o exato cumprimento da lei".
    A investigação, agora, vai levantar contratos, ordens de pagamentos e documentos junto ao Tesouro, o BC, o Ministério das Cidades (responsável pelo programa Minha Casa, Minha Vida) e bancos públicos (BNDES, BB e Caixa). O TCU pode também "promover a identificação e a audiência dos responsáveis pelas operações ilegais relatadas nesta representação para sua adequada responsabilização".

    FONTE : O ESTADÃO

    Formulário de contato

    Nome

    E-mail *

    Mensagem *

    MURAL DE RECADOS