segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

COTIDIANO : Para obra da Compesa, Paulista e Olinda ficarão sem água por 48 horas



Suspensão do abastecimento será da 0h da terça (14) até a 0h da quinta (16)
Sem água nas torneiras

A partir desta terça (14), a Compesa inicia serviços de manutenção emergencial em parte do Sistema Botafogo na cidade do Paulista. Para isso, será necessário o corte do abastecimento por 48 horas, atingindo Paulista e Olinda da 0h da terça até a 0h da quinta (16). A distribuição de água será retomada logo após a pressurização do sistema, etapa posterior a conclusão dos trabalhos. Outra informações pelo telefone 0800 081 0195.

A obra será para conserto de um vazamento em uma tubulação de 500 milímetros (mm), no Paulista. Por isso, será necessário paralisar a estação elevatória (sistema de bombeamento), responsável por 70% do abastecimento do Sistema Botafogo. “Serviços desse porte não podem ser realizados com a adutora operando. A parada é importante para manter o equilíbrio do sistema e garantir a continuidade do abastecimento nessas duas cidades”, explica o gerente de Manutenção da Compesa, Euris Oliveira. Ele adianta que, aproveitando a interrupção no abastecimento, serão realizados também serviços como substituição de válvulas e registros.

Cerca de 40 profissionais vão trabalhar nos serviços, envolvendo técnicos, operadores e engenheiros. A regularização do abastecimento seguirá o calendário e ocorrerá de forma gradativa.


FONTE : FOLHA DE PERNAMBUCO

PARALISAÇÃO : Servidores do Detran entram em greve a partir de hoje

Decisão foi votada em assembleia na semana passada

Os servidores do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) entram em greve por tempo indeterminado a partir desta segunda-feira. A decisão foi votada na assembleia da categoria, realizada na manhã desta quarta-feira no pátio da sede do órgão, no bairro da Iputinga, no Recife.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores do Detran (Sindetranpe), Alexandre Bulhões, a paralisação foi deflagrada, uma vez que o governo não comvovou a classe para discutir acordos feitos nos anos de 2015 e 2016 e não concretizados. "Estão em aberto a licitação definitiva do plano de saúde; o pagamento da gratificação de ue trabalho no pátio de exames, deacordo com a lei de 200;  insalubiridade do vistoriador; a extensão da gratificação dada a quem tabalha nos shoppings para todos os servidpres em respeito ao princípio da isonomia salarial; além da reposição das perdas salariais acumuladas em 27% e a reestrtururação do plano de cargos", explicou o sindicalista.

Fora isso, a categoria também quer o reajuste no valor do tíquete de alimentação para R$ 600, concurso público para preechimento do quadro funcional, que, segundo o sindicato, tem um déficit de cerca de 500 servidores; cancelamento do contrato dos terceirizados que exercem funções de servidores públicos; fim da perseguição a um servidor; e diminuição ou cancelamento das taxas cobradas aos usuários do Detran-PE por serem cobranças ilegais.

Durante a realização da assembleia, esta manhã, os serviços dos postos de atendimento ficaram suspensos na sede do órgão, nas Circunscrições Regionais de Trânsito e nos demais postos de atendimento em geral. Os funcionários voltaram ao trabalho a partir das 11h.

FONTE : DIÁRIO DE PERNAMBUCO

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

MURAL DE RECADOS