terça-feira, 29 de agosto de 2017

BRASIL : Carteira de habilitação eletrônica já pode ser testada por motoristas



Documento digital será usado a partir de fevereiro de 2018, e terá o mesmo valor jurídico do impresso

CNH eletrônica
CNH eletrônicaFoto: Reprodução
Uma versão de demonstração da Carteira Nacional de Habilitação eletrônica (CNH-e) já está disponível para ser baixada pelos motoristas. O documento digital será usado a partir de fevereiro de 2018, e terá o mesmo valor jurídico da CNH física.

A versão de teste do aplicativo CNH-e está disponível apenas para aparelhos com sistema operacional Android e pode ser baixado no hotsite do projeto e também via QR Code. Todas as instruções para o download estão no site - o endereço não é seguro e pode exigir a desativação de avisos de segurança em alguns browsers.

Leia também
CNH vencida passa a ser aceita como documento oficial
CNHs com código de segurança digital já estão sendo emitidas em todo o país

O aplicativo, desenvolvido pelo Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados), permitirá aos motoristas terem acesso ao arquivo digital da CNH por meio do telefone celular. O aplicativo deverá estar disponível para download nas lojas virtuais Apple Store e Google Play até fevereiro do próximo ano.

Com a CNH-e, os agentes de trânsito poderão checar os dados dos documentos por meio do mesmo aplicativo, que fará a leitura do QRCode. Assim, o motorista poderá apresentar o documento digital a qualquer autoridade de trânsito, evitando multas caso tenha esquecido ou perdido o documento impresso.
A habilitação física continuará sendo emitida aos condutores que a solicitarem aos departamentos de trânsito estaduais. Futuramente, o motorista também poderá conferir, pelo aplicativo, a pontuação de infrações cometidas, ser avisado quando a CNH estiver perto de vencer e saber sobre campanhas de trânsito.
FONTE : AGÊNCIA BRASIL

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

VENDE-SE : MOTO ITÁLIKA 2009, GOIANA/PE


VENDE-SE UMA MOTO ITÁLIKA : 
ANO 2009
MODELO 2009
SEMI-NOVA COM 08 ANOS DE USO
TODA CONSERVADA
COM 6418 KM RODADOS
VALOR : R$ 3.000,00
TRATAR COM : NAVANTINO
FONES : (81) 98886.4611
            (81) 3626.2901

terça-feira, 15 de agosto de 2017

POLÍTICA : Ministério informa que fábrica de Fator VIII recombinante será construída em Pernambuco

 A decisão se deu após reunião, hoje, entre Ricardo Barros e os ministros pernambucanos, por orientação do presidente Michel Temer

Ministros pernambucanos se reuniram com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, para tratar da questão da Hemobrás

Ministros pernambucanos se reuniram com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, para tratar da questão da Hemobrás Foto: Ministério da Saúde/Divulgação

A reunião da bancada pernambucana com o ministro Ricardo Barros, marcada para as 18h desta terça-feira (15), ainda está de pé, mas o chefe de gabinete do titular da Saúde encaminhou, há pouco tempo, uma nota ao deputado federal João Fernando Coutinho (PSB), na qual anuncia que o Ministério da Saúde fará negociações com os investidores detentores de tecnologia para iniciar a construção de uma fábrica de Fator VIII recombinante, no complexo de Goiana, em Pernambuco.

A decisão se deu após reunião, hoje, entre Barros e os ministros pernambucanos, como a coluna cantou a pedra, no sábado, que ocorreria. O encontro se deu por orientação do presidente Michel Temer. O comunicado de Barros representa um recuo na intenção dele de construir uma fábrica de hemoderivados em Maringá (PR), seu reduto eleitoral, o que poderia significar um desmonte da Hemobrás e provocou intensa mobilização da bancada pernambucana.

Leia também:
MPE faz recomendações sobre a Hemobrás à PresidênciaHemobrás: para procurador, ministério prejudica contrato

Segue a nota na íntegra abaixo: 
Pernambuco terá fábrica de Fator VIII recombinante

Por orientação do presidente da República, Michel Temer, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, reuniu-se, nesta terça-feira (15), em Brasília (DF), com os ministros pernambucanos do Governo Federal: Mendonça Filho (Educação), Bruno Araújo (Cidades), Fernando Coelho Filho (Minas e Energia) e Raul Jungmann (Defesa) para tratar do projeto da Hemobrás. Após o encontro, o Ministério da Saúde anunciou que fará negociações com os investidores detentores de tecnologia para iniciar a construção de uma fábrica de Fator VIII recombinante, no complexo de Goiana, em Pernambuco.

Após a notificação do Ministério da Saúde, a empresa Shire aumentou a proposta de investimento anteriormente apresentada a Hemobrás, em Pernambuco, de US$ 30 milhões para US$ 300 milhões para construir uma fábrica de Fator VIII recombinante, no complexo de Goiana (PE).

A construção da fábrica era uma obrigação não cumprida pela Hemobrás. Em função das negociações iniciadas pelo Ministério da Saúde, a empresa Shire apresentou nova proposta, com novos investimentos privados. Em razão da crise fiscal do país, a busca do Ministério da Saúde é realizar investimentos sem novos recursos públicos para esta finalidade, arcando somente com a compra centralizada de hemoderivados.

Provocada pela proposta da Octapharma para a construção de fábrica no Brasil, a empresa Shire se manifestou interessada em realizar investimentos e manter a Parceria para o Desenvolvimento Produtivo (PDP) com a Hemobrás.

A conclusão de fábrica para fracionamento de plasma humano, que está inacabada no complexo de Goiana (PE) e que também requer investimento privado, será objeto de outra negociação, uma vez que não está contemplada na proposta da Shire.

Ministros pernambucanos se reuniram com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, para tratar da questão da Hemobrás 

O ministro Ricardo Barros diz que saúde e educação não terão redução de recursos

 


 FONTE : FOLHA POLÍTICA






domingo, 6 de agosto de 2017

ECONOMIA : Aposentadoria por idade será reconhecida automaticamente pelo INSS

Medida, em vigor desde o fim de julho, estabelece que o segurado não precisa mais comparecer a um posto de atendimento para solicitar esse tipo de aposentadoria
Agência da Previdência Social
Agência da Previdência SocialFoto: Antônio Cruz/Agência Brasil

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) determinou, por meio de portaria, o reconhecimento automático da aposentadoria por idade a partir da verificação das informações constantes nos sistemas da autarquia e nas bases de dados do governo federal. A medida, em vigor desde o fim de julho, estabelece que o segurado não precisa mais comparecer a um posto de atendimento para solicitar esse tipo de aposentadoria.

Leia também
Termina este sábado prazo para segurado agendar perícia de revisão no INSS


O INSS vai fazer uma pesquisa mensal para identificar os segurados que já têm o direito disponível e enviará comunicado sobre a concessão do benefício. O segurado também poderá requerer a concessão do benefício por meio do canal 135. Para a realização do pedido será solicitada a confirmação dos dados pessoais, como ocorre no sistema tradicional.

De acordo com a portaria, o INSS enviará comunicado indicando as informações sobre os dados da concessão e pagamento do benefício ao cidadão assim que houver o reconhecimento do direito.

Aposentadoria por idade

Atualmente, a aposentadoria por idade é um benefício ao trabalhador que comprovar o mínimo de 180 meses de trabalho, além da idade mínima de 65 anos, se homem, ou 60 anos, se mulher. Para o chamado “segurado especial”, a idade mínima é reduzida em cinco anos.

No grupo de segurados especiais estão profissões como agricultor familiar, pescador artesanal, além de indígenas. Para receber o benefício nessa condição, o trabalhador deve estar exercendo a atividade no momento da solicitação do benefício. Caso não comprove o tempo mínimo de trabalho necessário ao segurado especial, o trabalhador poderá pedir o benefício com a mesma idade do trabalhador urbano, somando o tempo de trabalho como segurado especial ao tempo de trabalho urbano.

Informações como cálculo do benefício e documentos necessários para solicitação do benefício podem ser acessados na página do INSS.

FONTE : AGENCIA BRASIL

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

COTIDIANO : Peixaria onde casal doente comprou peixe passa por inspeção

O proprietário apresentou nota fiscal de compra dos produtos realizada de um atacadista do Recife. A gerência não confirmou se a origem do pescado é de Pernambuco ou de outro estado
Doença está ligada ao consumo de pescado contaminado
Doença está ligada ao consumo de pescado contaminadoFoto: Gov/BA
A Gerência de Vigilância em Saúde do Recife vistoriou a peixaria onde foi comprado o pescado que alimentou um casal suspeito da doença de Haff, popularmente chamada de doença da urina preta. Durante a inspeção, não foram encontradas irregularidades que ofereçam risco à saúde pública. O proprietário apresentou nota fiscal de compra dos produtos realizada de um atacadista do Recife. Tanto a peixaria quanto o atacadista têm licença da Vigilância Sanitária. A gerência não confirmou se a origem do pescado é de Pernambuco ou de outro estado. 

Leia também:
Saúde tenta rastrear origem de “urina preta”
Recife tem suspeita de doença da “urina preta”
A Secretária de Saúde da Capital não deu detalhes sobre a coleta de amostras de carne da peixaria para análises que possam identificar outras contaminações, nem como deve ser feito o rastreio junto ao atacadista e ao pescador ou empresa de pesca responsável pela captura em mar aberto da arabaiana. A prefeitura informou ainda que os produtos na peixaria estão regulares, são vendidos embalados e com todas as informações para o consumidor, inclusive os selos estadual e federal. A assessoria de Comunicação da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária (Adagro) não descarta que ajudará no rastreio do produtor. 

A segunda paciente com suspeita de Haff já teve alta hospitalar. A Secretaria Estadual de Saúde (SES) informou que não houve mais relatos de quadros semelhantes de mialgia aguda a esclarecer.
FONTE : FOLHA DE PERNAMBUCO

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

MURAL DE RECADOS