quarta-feira, 23 de novembro de 2016

COTIDIANO : Policiais civis paralisam atividades contra PEC 55

Apenas o serviço de flagrante de delito irá funcionar nas delegacias do Estado, informou o Sinpol-PE
Presidente do Sinpol, Áureo Cisneiros
Presidente do Sinpol, Áureo CisneirosFoto: Arthur Mota/Folha de Pernambuco
Apenas o serviço de flagrante de delito irá funcionar nas delegacias do Estado nesta sexta-feira (25), de acordo com o Sindicato dos Policiais de Pernambuco (Sinpol-PE). A categoria aderiu à paralisação nacional contra a Proposta de Emenda Constitucional 55 (antiga 241), conhecida como a PEC do teto dos gastos, que visa o congelamento do orçamento da União pelos próximos 20 anos. 

A adesão ao ato foi aprovada pelos policiais civis em assembleia geral realizada no último dia 16 de novembro, na sede da entidade, em Santo Amaro. Segundo o presidente da entidade, Áureo Cisneiros, uma manifestação está agendada para as 16h na Praça do Derby, na área central do Recife. As centrais sindicais e movimentos sociais apoiam a mobilização e uma passeata deve ocorrer em direção ao Palácio do Campo das Princesas, sede do Governo do Estado. 

“O Sinpol-PE não vai admitir retrocessos nos direitos dos trabalhadores. Por isso, vamos estar sempre nas ruas protestando em defesa das nossas conquistas”, afirmou Áureo. 

FONTE : FOLHA DE PERNAMBUCO

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

MURAL DE RECADOS