domingo, 11 de setembro de 2016

Criado pelo Mestre Salustiano, o Maracatu Piaba de Ouro ganha festa neste domingo (11), quando Manoelzinho inaugura exposição
O Maracatu Piaba de Ouro foi fundado em 1977 pelo Mestre Salu. Foto: Ines Campelo/Arquivo DP
O Maracatu Piaba de Ouro foi fundado em 1977 pelo Mestre Salu. Foto: Ines Campelo/Arquivo DP

Fundado pelo Mestre Salustiano nos anos 1970, o Maracatu Piaba de Ouro comemora neste domingo (11), às 10h, 39 anos em atividade, com festa na Casa da Rabeca, em Olinda, Região Metropolitana do Recife. Considerado um dos mais tradicionais maracatus do estado, o Piaba foi eleito campeão do carnaval pernambucano por sete vezes consecutivas.

 Quem abre as comemorações é o Cavalo Marinho Boi Matuto, formado por netos e bisnetos do Mestre Salu. Os violeiros Adiel Luna e Heleno Fragoso entram em cena em seguida, além de Gilmar Leite, Dinda Salú, o grupo Terno Alinhado e Maciel Salu com o DJ Azougue. Por fim, o aniversariante Piaba de Ouro promove sambada com brincantes convidados da Mata Norte do estado, berço dos maracatus. 
Manoelzinho Salu expõe as habilidades com os bordados de lantejoulas e miçangas, inspirados na cultura popular local. Foto: Divulgação
Manoelzinho Salu expõe as habilidades com os bordados de lantejoulas e miçangas, 
inspirados na cultura popular local. Foto: Divulgação

Na ocasião, a Casa da Rabeca inaugura, ainda, a Oficina de Bebedoria de Manoelzinho Salustiano e expõe 15 quadros bordados por Manoelzinho, além de oferecer degustação de cachaças e cervejas artesanais. O artista é o filho mais velho do Mestre Salustiano e é conhecido pelos bordados com linha, lantejoulas e miçangas, reunidos no projeto Manoelzinho não pinta, mas borda. Entre os quadros, há releituras de obras do artista suíço Paul Klee, além de referências às tradições culturais do estado, como estandartes e golas de caboclos de lança. 

SERVIÇO
39 anos do Maracatu Piaba de Ouro e Inauguração da Oficina e Bebedoria Manoelzinho Salustiano
Quando: Domingo (11), às 10h
Onde: Casa da Rabeca (Rua Curupira, 340, Cidade Tabajara – Olinda)
Quanto: Entrada gratuita

FONTE : DIÁRIO DE PERNAMBUCO

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

MURAL DE RECADOS